2012-02-21

Como lidar com um consultor que pensa ser um gênio - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 21/02/2012, com mais um clássico do mundo corporativo, sobre consultores que pensam que são gênios (com a mesma história já contada neste outro comentário: É preciso paciência e bom humor para lidar com consultores que se acham gênios).

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Como lidar com um consultor que pensa ser um gênio

gênio aladdin

Um gerente, conhecido meu, está passando maus bocados com uma consultoria que desembarcou na empresa em que ele trabalha, por ordem da matriz. E desde o primeiro momento, o consultor-mór concluiu que tudo estava errado. Depois de uma semana de pressão, o gerente nem conseguia mais dormir direito e acabou tendo um pesadelo.

Sonhou que estava caminhando por uma praia e tropeçou numa garrafa. Ao tentar limpá-la para ver o rótulo, de dentro dela saiu um gênio. E o gênio falou:

- Estou aqui para atender a um pedido seu.

O gerente, que já tinha lido muitas histórias sobre gênios, estranhou e perguntou:

- Só um? Não seriam três desejos?

E o gênio respondeu:

- É que eu sou um gênio consultor. Por isso, reduzi os pedidos de três para um, para obter mais produtividade em meu trabalho.

O gerente então pediu um milhão de dólares, e o gênio perguntou:

- Cash ou em títulos ao portador?

E o gerente respondeu, já meio impaciente:

- Sei lá, gênio, pode ser de qualquer jeito porque um milhão é um milhão.

Foi aí que o gênio começou a demonstrar a sua real importância:

- Meu caro, desculpe, mas você não entende nada de desejos. Você precisa pensar nas perspectivas de rentabilidade do seu milhão. Aposto que você nem considerou a possiblidade de um investimento off-shore, nem as implicações jurídicas, tributárias e contábeis do seu desejo. E isso sem mencionar o imposto de renda retido na fonte e a minha comissão.

E o gerente espantado perguntou:

- Comissão? Que comissão?

E o gênio explicou que o gênio consultor não é como esses gênios picaretas que existem por aí. Gênio consultor recebe 18% de comissão sobre o valor bruto dos desejos. E estendeu um contrato de 120 páginas em quatro vias para o gerente assinar.

No dia seguinte, o gerente me contou o que tinha sonhado. E comentou que não estava aguentando aquele pesadelo. Quando eu perguntei se ele tinha comido em excesso na noite anterior, o gerente me respondeu:

- Não, eu estou me referindo a meu outro pesadelo. Sonhar de noite com um gênio que pensa que é consultor não é nada. Muito pior é ter que conviver de dia com um consultor que pensa que é gênio.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin