2012-02-17

Saiba observar as pessoas - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 17/02/2012, com mais um clássico do mundo corporativo, sobre a importância de saber observar as pessoas e como o elevador é um ótimo lugar para isso.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Saiba observar as pessoas

elevador

Uma coisa muito importante na vida profissional é saber observar as pessoas, principalmente aquelas que trabalham conosco. Porque um dia, a gente pode precisar da ajuda de uma delas e é bom saber com que tipo de pessoa exatamente nós estamos lidando.

Há vários lugares na empresa que podem ser transformados em postos de observação de pessoas. O meu favorito sempre foi o elevador. Porque dentro de um elevador as pessoas tendem a se comportar como elas realmente são, enquanto no escritório elas se comportam como elas gostariam que as outras pensassem que elas são.

É interessante notar como, por exemplo, um colega de trabalho que vive sorrindo para todo mundo durante o expediente, entra no elevador de cara fechada, sem cumprimentar ninguém. Quer dizer: é um falso de carteirinha.

Ou então como outro colega entra no elevador, fica parado perto da porta e não se move nem um centímetro para facilitar a passagem dos que vão entrar ou descer nos outros andares. Como será que uma pessoa assim se comportaria quando nós precisássemos dela?

E aquele que entra no elevador e aperta de novo o botão do andar, mesmo quando a luzinha acesa indica que alguém já fez isso? Gente assim, para mim, não confia nos outros.

Quando eu entro num elevador eu vou para o meu cantinho favorito, no fundo a esquerda. E dali presto atenção naquelas pessoas que entram sorridentes, dão espaço para quem está entrando, dizem obrigado quando alguém lhes cede a passagem e, sobretudo, não ficam dois ou três minutos olhando para o teto ou para os próprios pés. O triste é perceber que nem metade das pessoas se comporta assim dentro do elevador. Ou seja, o índice de falsidade geral nas empresas anda acima de 50%.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin