2014-05-08

Estou parada há muito tempo e os entrevistadores querem saber o que ando fazendo - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 08/05/2014, com um ouvinte que está desempregada há algum tempo e não sabe o que responder em entrevistas de emprego quando perguntada sobre o que andou fazendo nos últimos meses.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Estou parada há muito tempo e os entrevistadores querem saber o que ando fazendo

mulher desempregada

Uma ouvinte escreve: "Está fazendo sete meses que perdi um emprego no qual havia passado oito anos. Através de contatos pessoais, consegui várias entrevistas. Mas em todas elas recebi propostas salariais bem abaixo do que eu ganhava. Não aceitei nenhuma delas, imaginando que acabaria aparecendo uma que me conviesse. Só que até agora isso não aconteceu. Recentemente, devido ao aumento do período em que estou parada, alguns entrevistadores começaram a me perguntar o que tenho feito nos últimos meses. Minha resposta sincera seria a de que passei todo o tempo procurando emprego e me descabelando por não conseguir, mas não creio que seja isso que eles queiram ouvir. Qual seria a resposta apropriada?"

Seria esta: "Fiz vários cursos de aperfeiçoamento, colaborei com entidades assistenciais sem ganhar nada e dei aulas particulares." Caso você não tenha feito nada disso e tenha utilizado o seu tempo para fazer novos contatos para conseguir mais entrevistas, a resposta que você irá dar não será aquela que o entrevistador gostaria de ouvir.

E por que ele estaria fazendo essa pergunta tão incômoda? Para avaliar duas coisas que são importantes para uma empresa: o seu grau de iniciativa em uma situação complicada e a sua capacidade de procurar soluções onde parece só haver problemas.

Mas, certamente, você conseguirá encontrar algo que possa dizer e que não necessite de comprovação. Por exemplo, você leu livros técnicos, usou a internet para pesquisar e se atualizar sobre o seu ramo de atuação. Diga isso com segurança e sem acrescentar desculpas. E o entrevistador passará para a pergunta seguinte.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin