2014-05-30

'Mudanças constantes de emprego, mas justificáveis, podem me prejudicar no futuro?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 26/05/2014, com um ouvinte que está preocupado se no futuro sua carreira estará prejudicada por ele trocar bastante de emprego, mesmo que a cada troca haja boas oportunidades.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Mudanças constantes de emprego, mas justificáveis, podem me prejudicar no futuro?'

pulando de empregos

Um ouvinte escreve: "Tenho facilidade para me adaptar a diferentes ambientes de trabalho. E tenho também muita disposição para progredir sempre que uma nova oportunidade aparece. Juntando essas duas coisas, troquei de emprego quatro vezes nos últimos três anos. Em todas elas, pedi demissão e sai sem me indispor com as empresas, argumentando que eu me dava bem com meus colegas e superiores, mas que a nova oportunidade era imperdível em termos salariais e de carreira. O que eu gostaria de saber é se essas mudanças constantes, porém justificáveis, poderão me causar inconvenientes futuros? Estaria eu sendo visto como alguém que não consegue parar em um emprego ou, o que é realmente verdade, alguém que só muda quando tem um motivo plenamente aceitável?"

Bom, o que irá acontecer, ou já está acontecendo, é que o seu leque de opções para continuar mudando se torna mais reduzido. Você dificilmente seria contratado por uma empresa que tenha um plano de carreira e um programa de desenvolvimento de funcionários em médio e longo prazo. E menos ainda por empresas que veem na estabilidade dos empregados, um fator essencial para o sucesso de seus negócios.

O seu campo de busca estaria restrito a empresas que querem resultados de curtíssimo prazo e não se preocupam se um funcionário, depois de conseguidos, decide ir embora. A boa notícia é que o número de empresas em busca de funcionários que possam trazer resultados imediatos é bem grande e continua aumentando. Portanto, você não deverá ter, como não teve até agora, problemas para continuar mantendo a sua política de saltos profissionais.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin