2014-05-30

'Setor privado paga mal ou existe discriminação contra funcionários públicos?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 29/05/2014, com uma ouvinte que trabalha no setor público e quer mudar para o setor privado, mas acha os salários iniciais muito baixos. (OBS: parte do comentário parece estar faltando do arquivo disponibilizado no site da CBN).

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Setor privado paga mal ou existe discriminação contra funcionários públicos?'

salários iniciais setor privado e público

Uma ouvinte escreve: "Trabalho no setor público como funcionária concursada. Tenho 25 anos e concluí uma faculdade e uma pós-graduação, imaginando que com isso eu poderia passar para o setor privado com vantagens. Entretanto, todas as oportunidades que apareceram até agora foram para ganhar menos do que eu ganho, e eu não ganho nenhuma fortuna. Pergunto se o setor privado paga mal ou se eu é que não estou tendo sorte ou se existe discriminação contra quem quer passar do setor público para o privado?"

(...)

Depois, com o tempo, aqueles funcionários que conseguirem se destacar nas empresas privadas, irão eliminar, com folga, essa diferença. E por que isso acontece? Porque os salários iniciais no setor público são decididos antecipadamente através de editais. E os salários iniciais no setor privado são regidos pela lei da oferta e da procura. Quanto mais candidatos aparecem, menor será o salário oferecido.

E não, não existe discriminação. Os processos para selecionar candidatos é que são diferentes. Cada um com suas vantagens e desvantagens. No setor público, as vagas são preenchidas por concursos, e neles não são avaliados fatores pessoais ou comportamentais. E nem é levada em conta a experiência prévia, que pode ser nenhuma. No setor privado, esses dois fatores possuem um peso decisivo.

Então, se você deseja mesmo mudar, provavelmente terá que fazê-lo por um salário inicial mais baixo, considerando-se a sua pouca idade e a sua ainda pouca experiência.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin