2014-05-30

'Negócio próprio não deu certo e, agora, não consigo voltar ao mercado de trabalho' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 22/05/2014, com um ouvinte que abriu um negócio próprio que não deu certo e agora tem que voltar ao mercado de trabalho.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Negócio próprio não deu certo e, agora, não consigo voltar ao mercado de trabalho'

retornando ao mercado de trabalho

Um ouvinte escreve: "Tenho 42 anos, sempre trabalhei em empresas de porte e a minha carreira foi bem razoável, tanto em cargos quanto em salários. Faz um ano e meio, aproveitando a experiência adquirida e pensando em conseguir, em médio prazo, mais do que eu tinha acumulado em vinte anos de carreira, decidi partir para um negócio próprio. Infelizmente, não me dei bem. Tive que encerrar a empresa com prejuízo e me vejo agora na situação de ter que retornar ao mercado de trabalho. Fiz três entrevistas para posições em que eu me encaixava. Contei exatamente tudo o que aconteceu na minha empresa própria e não consegui nenhuma das três vagas. Minha dúvida é se devo inventar alguma outra história para explicar porque eu passei um ano e meio fora do mercado?"

Bom, eu não sei que tipo de história você poderia inventar sem que um entrevistador percebesse que você estaria escondendo a verdade. Mas também não creio que retornar ao mercado como empregado depois de uma experiência mal sucedida como dono, seja, por si só, um fator de eliminação em um processo seletivo. O que pode ter acontecido é que você não conseguiu mostrar aos entrevistadores como esse ano de autonomia poderá trazer vantagens para uma empresa que o contrate.

Na próxima entrevista, eu lhe sugiro dizer, bem rapidamente, que você abriu um negócio próprio que lhe rendeu o que você esperava, mas que você chegou à conclusão de que se sente melhor como empregado, trabalhando em equipe, dividindo decisões e respeitando a hierarquia. Isso é tudo o que um entrevistador quer ouvir. Ficar entrando em muitos detalhes iria mais confundir do que esclarecer.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin