2015-02-20

Aprenda a ser Chefe: Não oriente os antigos subordinados - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 20/02/2015, com a série "Aprenda a ser Chefe", sobre como ao ser transferido para um outro setor, o chefe deve cortar os vínculos profissionais com os seus ex-subordinados, mas pode manter os vínculos de camaradagem.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Aprenda a ser Chefe: Não oriente os antigos subordinados

panelinha no trabalho

Isso acontece em muitas empresas: um bom chefe é convidado a mudar para outro setor, que também está precisando de um bom chefe. Quando isso ocorre, não é incomum que os ex-subordinados se sintam órfãos e continuem a procurar o ex-chefe para pedir conselhos, relatar situações ou comentar que o novo chefe não é tão bom quanto o anterior.

Imagine-se nessa situação. É claro que você se sentiria satisfeito por ter deixado uma imagem tão marcante nas pessoas que trabalhavam com você. Por isso, você não se incomoda, muito pelo contrário, em eventualmente servir como uma espécie de consultor, emocional ou profissional, para quem estiver precisando de um conselho seu. Só que isso é anti-profissional.

Seus antigos subordinados têm agora um novo chefe, que está ocupando a posição que você ocupava. Ao orientar os seus ex-subordinados, você está atropelando a hierarquia e desrespeitando a figura do novo chefe. Ao mudar de setor, você pode e deve manter os vínculos de camaradagem, mas deve cortar imediatamente os vínculos profissionais.

Seus subordinados estão falando com você porque é mais fácil para eles. Mas imagine como você se sentiria se os seus novos subordinados na área para a qual você foi transferido, estivessem pedindo sugestões e conselhos para o antigo chefe deles. Você, com razão, se sentiria diminuído.

Se você quiser continuar ajudando o seu antigo setor, ofereça seus préstimos diretamente ao novo chefe. E deixe a critério dele, solicitar ou não, o seu auxílio.

Quanto aos ex-subordinados, a melhor sugestão que você pode dar para eles é pedir que eles respeitem e apoiem o novo chefe. Caso contrário, e mesmo com a melhor das intenções, o que você estaria fazendo seria incentivar seus antigo subordinados a confundir espírito de equipe com panelinha.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin