2015-02-09

Os retratos hiper-realistas desenhados com grafite de Melissa Cooke

Melissa Cooke é uma artista americana que se especializou em criar desenhos usando grafite sobre papel. Ao invés de usar um lápis, a artista deposita finas camadas de grafite sobre o papel usando um pincel seco. O resultado são verdadeiras pinturas feitas com grafite, em que Cooke usa uma técnica hiper-realista para explorar diversos temas, através de retratos, em várias séries.

Além da técnica, algo que permeia o trabalho Melissa Cooke são as representações dos retratados que, de certa forma, estão sempre envolvidos em situações com possíveis conotações sexuais. Seja numa série que explora justamente essas situações, seja numa série cujo tema não envolve sexualidade, a artista produz obras hiper-realistas que parecem flertar constantemente com certos fetiches, seja de maneira consciente ou não.

Vejam os retratos hiper-realistas desenhados com grafite de Melissa Cooke.

Em "Lost Inside You" (Perdida em Você), a artista explora situações onde ela deixa a inibição de lado, em cenas que exploram sexualidade, gênero e relacionamentos. Como ela diz, nesta série "os desenhos também têm um elemento de fetichismo e auto-satisfação do ego, que objetiva invocar paixão enquanto reconhece o narcisismo do autorretrato":

Melissa Cooke pinturas ilustrações desenhos grafite hiper-realistas retratos autorretratos preto e branco

Melissa Cooke pinturas ilustrações desenhos grafite hiper-realistas retratos autorretratos preto e branco

Melissa Cooke pinturas ilustrações desenhos grafite hiper-realistas retratos autorretratos preto e branco

Melissa Cooke pinturas ilustrações desenhos grafite hiper-realistas retratos autorretratos preto e branco

Já em "Plunge" (Mergulho), a artista cria desenhos inspirado em fotografias que ela tirou enquanto mergulhava numa banheira. Escolhendo pedaços específicos dessas fotos, Melissa Cooke dá um zoom nessas partes, retratando a mistura que carne, cabelos, bolhas e ondas criam na banheira:

Melissa Cooke pinturas ilustrações desenhos grafite hiper-realistas retratos autorretratos preto e branco

Melissa Cooke pinturas ilustrações desenhos grafite hiper-realistas retratos autorretratos preto e branco

Em "Surfaced" (À tona), Melissa Cooke explora a relação entre fotografia, pintura, desenho e performance artística, usando autorretratos. Nesta série, ela cria desenhos hiper-realistas baseados em fotos que ela tirou enquanto pintava e derramava líquidos em si mesma, usando sua face como tela. Nesse contexto, as fotos referenciavam a prática de desenho e pintura, enquanto o desenho de grafite final referencia a fotografia (por causa do seu hiper-realismo), tudo isso podendo ser visto como uma grande performance:

Melissa Cooke pinturas ilustrações desenhos grafite hiper-realistas retratos autorretratos preto e branco

Melissa Cooke pinturas ilustrações desenhos grafite hiper-realistas retratos autorretratos preto e branco

Melissa Cooke pinturas ilustrações desenhos grafite hiper-realistas retratos autorretratos preto e branco

Já em "The Between Spaces" (Os espaços do meio), a artista usa técnicas hiper-realistas para criar imagens que desafiam a própria realidade, como um borrão que permeia os limites entre as dimensões físicas e emocionais, internas e externas, entre o real e a fantasia:

Melissa Cooke pinturas ilustrações desenhos grafite hiper-realistas retratos autorretratos preto e branco

Melissa Cooke pinturas ilustrações desenhos grafite hiper-realistas retratos autorretratos preto e branco

Melissa Cooke pinturas ilustrações desenhos grafite hiper-realistas retratos autorretratos preto e branco

Em "Vacuum" (Vácuo), a artista explora a fascinação da sociedade com a violência, morte e insanidade. Nesta série a artista retrata pessoas sendo asfixiadas com sacos plásticos, o que se mostrou um grande desafio técnico para ela:

Melissa Cooke pinturas ilustrações desenhos grafite hiper-realistas retratos autorretratos preto e branco

Melissa Cooke pinturas ilustrações desenhos grafite hiper-realistas retratos autorretratos preto e branco

Melissa Cooke pinturas ilustrações desenhos grafite hiper-realistas retratos autorretratos preto e branco

E finalmente em "You Know Me Better Than I Know Myself" (Você me conhece melhor que eu mesmo), Melissa Cooke explora a sexualidade e a escuridão reprimidas dentro de todos nós. Inspirados em flashes de memórias da artista com alto teor emocional e que mudaram o jeito como ela vê relacionamentos, esses desenhos desempenharam uma experiência catártica para a artista:

Melissa Cooke pinturas ilustrações desenhos grafite hiper-realistas retratos autorretratos preto e branco

Melissa Cooke pinturas ilustrações desenhos grafite hiper-realistas retratos autorretratos preto e branco

Melissa Cooke pinturas ilustrações desenhos grafite hiper-realistas retratos autorretratos preto e branco

Melissa Cooke pinturas ilustrações desenhos grafite hiper-realistas retratos autorretratos preto e branco

Melissa Cooke pinturas ilustrações desenhos grafite hiper-realistas retratos autorretratos preto e branco

Imagens via site de Melissa Cooke. Dica via Beautiful/Decay - Melissa Cooke’s Hyperrealistic Graphite Renderings Mimic Double Exposure Photographs.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin