2016-04-22

'Colocar no currículo que tenho interesse em trocar de área pode me ajudar com essa mudança?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 22/04/2016, com uma ouvinte que quer mudar de área e quer saber se deixar isso explícito no currículo pode ajudá-la.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Colocar no currículo que tenho interesse em trocar de área pode me ajudar com essa mudança?'

mulher mudando de área

Uma ouvinte pergunta: "Colocar no currículo que tenho interesse em mudar de área e explicar por que, me ajudaria a conseguir essa mudança?"

Depende de qual é a área de sua formação e para qual área você pretende mudar. Engenheiros, por exemplo, são bem aceitos na área comercial quando as vendas são técnicas e demandam uma preparação mais minuciosa em termos técnicos para convencer o cliente. Outra área que admite profissionais de várias origens é recursos humanos, para a qual não há uma formação específica e por isso ela congrega formandos em diversos cursos.

A mudança fica mais difícil quando você é formada, por exemplo, em odontologia e quer migrar para uma área financeira ou administrativa. Em casos assim, ao avaliar um currículo, o selecionador dará preferência a quem já possui experiência no ramo e portanto irá requerer pouco ou nenhum tempo de aprendizado para se encaixar na função.

Voltando a seu caso, a explicação que você pretende colocar no currículo precisaria ser mais concreta do que emocional. Escrever "quero mudar porque sempre gostei dessa área" é uma frase vazia. O que pode funcionar bem é você dar um par de exemplos práticos de como poderia colaborar com a nova área mesmo sendo formada em outra.

Porém a realidade tem mostrado que mudanças mais extremas sempre ocorrem por indicação direta e não por envio de currículos. Portanto ative seus contatos.

Para confortá-la, posso lhe dizer que o número de profissionais que se formou em uma coisa e trabalha em outra, não é pequeno. E você deve insistir em seu intento.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin