2016-04-04

Ser preposto é ser testemunha? - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 04/04/2016, sobre ser preposto de uma empresa.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Ser preposto é ser testemunha?

preposto

Um ouvinte escreve: "Trabalho há 5 anos em uma empresa e fui informado por meu gerente que estou sendo considerado para preposto. A empresa tem tido muitos casos de reclamações trabalhistas e tenho duas perguntas. Ser preposto é ser testemunha? E existe alguma vantagem?"

Vamos lá. Preposto é qualquer pessoa que recebe delegação para agir em nome de uma organização. No seu caso, você representaria a sua empresa em casos específicos, como audiências trabalhistas. A diferença é que testemunhas mudam e prepostos são fixos, isto é, eles representam continuadamente a empresa juntamente com o advogado trabalhista.

Não se espera que um preposto minta em audiências, mas como você mencionou que há muitos processos trabalhistas na sua empresa, pode ser que ela esteja fazendo algumas coisas como não deveria. Cabe ao advogado orientar o preposto quanto ao que dizer e o que não dizer, mas você pode não se sentir a vontade com uma situação assim, em que não poderá falar tudo o que gostaria. Portanto, pense antes de aceitar.

Agora, as vantagens. Não há regalias como aumento de salário, promoção, gratificação especial ou mesmo garantia de estabilidade no emprego. Mas ser escolhido como preposto é muito positivo. É um sinal de confiança da empresa e também será útil em suas futuras entrevistas de emprego, porque empresas só escolhem para prepostos, empregados que saibam se expressar, que sejam convincentes, que aguentem pressão e sejam fiéis ao empregador.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin