2017-11-09

Mudança na legislação trabalhista pode facilitar demissões em comum acordo - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 09/11/2017, com uma ouvinte que gostaria de ser dispensada para conseguir sacar o fundo de garantia, mas a empresa negou seu pedido.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

Mudança na legislação trabalhista pode facilitar demissões em comum acordo

nova legislação trabalhista carteira de trabalho

Uma ouvinte escreve: "Não me dou bem com minha gerente. Temos problemas de todo tipo e resolvi não continuar mais me desgastando para saber qual das duas está certa e qual está errada. Solicitei então que ela me dispensasse e ela me disse que atenderia a meu pedido. Mas depois de uma semana, me deu um retorno dizendo que a direção não aprovou a minha demissão. Se eu quisesse mesmo sair, teria que pedir a conta. O que faço?"

Aguarde mais um par de meses até a nova legislação trabalhista entrar em vigor. Um dos artigos dela reduz a multa sobre o fundo de garantia quando uma demissão é feita de comum acordo. E o desembolso dessa multa é o principal motivo que leva empresas a negar demissões sem justa causa, a pedido do funcionário.

Se mesmo assim a sua empresa continuar negando o seu pedido para sair, isso só pode significar que alguém na direção vê você como uma funcionária valiosa, que está tendo problemas contornáveis com a sua gerente. Nesse caso, o que você poderia fazer seria solicitar uma transferência de área.

Se isso também não for possível, procure outro emprego enquanto você ainda está empregada. Isso lhe permitirá manter as suas finanças pessoais equilibradas e lhe dará a oportunidade de recomeçar em outra empresa, mais esclarecida que a atual.

Max Gehringer, para CBN.


Nenhum comentário:

Blog Widget by LinkWithin