2017-11-16

Profissionais muito qualificados devem enaltecer sua experiência no currículo - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 16/11/2017, com um ouvinte que está tendo dificuldades em encontrar outro emprego e suspeita que seu currículo lhe esteja atrapalhando, por ser muito qualificado.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

Profissionais muito qualificados devem enaltecer sua experiência no currículo

currículo experiência profissional

Um ouvinte escreve: "Tenho um currículo com curso superior e pós-graduação, e estou cursando um mestrado. Além disso, sou fluente em dois idiomas. Faz quatro meses, fui dispensado da empresa em que trabalhava. E de lá para cá, tenho enviado currículos para empresas nas quais eu gostaria de trabalhar, mas não obtive nenhum retorno até agora. Será que o meu currículo está espantando os possíveis empregadores?"

Bom, quando uma vaga é aberta, a empresa contratante leva duas coisas em consideração: o curso que é necessário para a função e a experiência anterior nela.

Se o seu currículo preenche esses dois requisitos, ou seja, se você está se candidatando a um emprego semelhante ao que tinha, você seria, pelo menos, considerado como um candidato viável.

Mas você pode ter razão quanto a impressão que o seu currículo causa. Posso então lhe sugerir o seguinte: comece o seu currículo mencionando a sua experiência. Em seguida, mencione apenas o curso superior. Finalmente, num bloco de "Outros Cursos", coloque a pós, os idiomas e o mestrado em andamento.

Assim, você primeiro destaca aquilo que interessa de imediato à empresa. E oferece o restante como adicional, sem exagerar na ênfase que possivelmente esteja dando no currículo atual.

Tudo o que você estudou, ou está estudando, lhe será muito útil na carreira. Mas, na busca por um emprego, pode dar a um selecionador a sensação que você iria querer mais do que a vaga oferecida.

Max Gehringer, para CBN.


Nenhum comentário:

Blog Widget by LinkWithin