2018-05-17

'Como ser menos emotiva na hora de demitir um funcionário?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 17/05/2018, com os três avisos que um gestor deve dar ao subordinado antes de demiti-lo.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'Como ser menos emotiva na hora de demitir um funcionário?'

demitindo funcionária

Uma ouvinte escreve: "Tenho uma equipe de 20 subordinados. O trabalho do meu setor consiste em tarefas repetitivas. E, portanto, precisamos de pessoas normais, que sejam rápidas e não cometam erros. Eventualmente, preciso substituir um subordinado que não consegue acompanhar o ritmo dos demais, e sempre fico angustiada quando tenho que dar a notícia de uma demissão. Tento explicar os motivos sem me abalar, mas não consigo. O que preciso fazer para ser menos emotiva?"

Vamos lá. Uma notícia de demissão nunca deve pegar um subordinado desprevenido. Antes que o momento fatal chegue, ele precisa ser avisado três vezes.

A primeira vez é um oferecimento de ajuda. Há algo que o subordinado não esteja entendendo no serviço ou encontrando dificuldade para executar, e que você possa esclarecer?

O segundo aviso é um pouco menos benevolente, mas ainda positivo. É dizer que você tem certeza de que a eficiência do subordinado pode melhorar se ele se concentrar mais, ou se empenhar mais, ou deixar de ficar lendo mensagens nas redes sociais, ou qualquer outra coisa de que ele precise ser lembrado.

O terceiro aviso é mais sério: "Por favor, não me obrigue a ter que tomar uma decisão que eu não gostaria de tomar."

Se o subordinado entendeu os três recados, ele não será apanhado de surpresa ao ser chamado para a conversa final. E, provavelmente, já estará procurando outro emprego há horas.

Max Gehringer, para CBN.


Nenhum comentário:

Blog Widget by LinkWithin