2018-05-09

Não é raro encontrar um jovem recém-formado com experiência no mercado - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 09/05/2018, com um jovem que está com dificuldade para encontrar o primeiro emprego porque as vagas que lhe interessam sempre pedem experiência anterior.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

Não é raro encontrar um jovem recém-formado com experiência no mercado

jovens recém formados desempregados

Escreve um ouvinte: "Eu me formei e comecei a procurar emprego, mas praticamente todos os anúncios de emprego que me interessam, pedem experiência anterior na função. Isso não é meio contraditório? Como posso ter experiência se estou buscando o meu primeiro emprego?"

Bom, primeiro, essa não costuma ser uma exigência absoluta, é somente algo desejável. Ou seja, se não aparecer nenhum candidato com experiência prévia, alguém será admitido sem ela, porque o trabalho a ser feito não pode ficar esperando.

O problema, no seu caso, é que sempre vão aparecer muitos candidatos que preenchem o requisito. Tenha em conta que a empresa não está pedindo algo extraordinário ou incomum. Um jovem que se forma com 21 anos e já esteja trabalhando há dois ou três anos, não é nenhuma raridade no mercado.

Eu espero que isso responda à sua dúvida sobre a empresa estar sendo contraditória, embora eu saiba que não é o que você gostaria de ter ouvido.

Então, como não dá para você voltar no tempo e adquirir experiência, há dois caminhos possíveis. Um é entrar em uma empresa privada ou participar de um processo seletivo em uma delas, através da indicação de um amigo, ou parente, ou contato de rede social.

E a outra é tentar concursos públicos, já que neles não é exigida experiência anterior. E além disso, os salários iniciais costumam ser mais altos do que na iniciativa privada.

Max Gehringer, para CBN.


Nenhum comentário:

Blog Widget by LinkWithin