2018-07-06

Empresas levam em consideração bom uso do português por candidatos - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 06/07/2018, com uma ouvinte que foi eliminada de um processo seletivo de estágio por causa do português.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

Empresas levam em consideração bom uso do português por candidatos

escrever bem português

Uma ouvinte escreve: "Participei de uma seleção para estágio em uma empresa grande e famosa, mas nem tive chance de mostrar as habilidades que acredito ter, porque fui eliminada já na primeira rodada, na prova escrita.

Depois de informar os resultados, o coordenador do teste explicou que havia sido levado em consideração não o conteúdo do texto, mas a gramática. Fiquei em dúvida se a empresa estava querendo alguém capaz de pensar e de se expressar, ou um futuro candidato a uma vaga na Academia Brasileira de Letras."


Não. Empresas não estão procurando literatos, que utilizem mesóclises para preencher um relés relatório de despesas. Mas permita-me dizer que você terá muito mais oportunidades futuras se souber se expressar corretamente, falando e escrevendo.

Nas redes sociais, há uma etiqueta que veda críticas a erros de português. E muita gente acredita que essa tolerância se estende, ou deveria se estender, também a empresas privadas ou a concursos públicos. Mas não é bem assim, como você pôde constatar na prática.

Posso lhe sugerir um curso de língua portuguesa online. Você encontrará uma infinidade deles em uma busca na internet. E muitos são gratuitos. Se você se inscrever em um deles, posso lhe garantir que esse aprendizado será muito mais útil para sua carreira profissional do que você imagina, neste momento.

Max Gehringer, para CBN.


Nenhum comentário:

Blog Widget by LinkWithin