2018-07-04

Se não houve promessa, não é sensato cobrar promoção da gerência - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 03/07/2018, com um ouvinte que acha que merece uma promoção, mas ainda não recebeu nenhuma de seu chefe.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

Se não houve promessa, não é sensato cobrar promoção da gerência

conversando cobrando chefe

Escreve um ouvinte: "Trabalhei durante oito anos em duas empresas diferentes, e estou na atual faz um ano. Eu estava empregado quando participei do processo seletivo para esta vaga que ocupo. E deixei claro ao gerente que me entrevistou, que eu estava aceitando mudar de emprego porque enxergava, nesta empresa, melhores oportunidades para minha carreira.

Creio que já mostrei o que seria necessário para merecer uma promoção, mas no mês passado, um colega meu é que foi promovido, para um cargo que, em minha opinião, era mais adequado para mim, devido à minha experiência e formação. Devo cobrar o meu gerente e entender por que fui preterido?"


Bom, primeiro, se não houve no processo de sua contratação, nenhuma promessa clara de que você seria promovido em breve tempo, não me parece sensato você cobrar o seu gerente por algo que você disse na entrevista e que, claramente ou obliquamente, quase todo candidato diz.

Talvez fosse mais coerente você conversar com seu gerente sobre o seu desempenho até agora e, se o andamento da conversa permitir, pedir a ele sugestões sobre o que você ainda precisaria mostrar para ser considerado para uma eventual promoção, algum dia.

Em outras palavras: você estará iniciando agora, um processo que imagina ter começado há um ano. Só que agora com fatos e dados, que lhe permitem dar consistência ao desejo que você manifestou na entrevista de emprego.

Max Gehringer, para CBN.


Nenhum comentário:

Blog Widget by LinkWithin