Currículo: é válido colocar uma frase de um grande pensador? - by Max Gehringer

2010-10-06 2:03 PM by Andarilho

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 06/10/2010, sobre a colocação de frases ou citações no currículo.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Currículo: é válido colocar uma frase de um grande pensador?

curriculo
"Tenho uma pergunta sobre currículo", escreve um ouvinte. "Gostaria de saber se é válido colocar uma frase de um grande pensador para diferenciar o nosso currículo."

Vamos começar pela definição do que é um currículo. É uma lista de informações acadêmicas e profissionais que permitirão ao selecionador, decidir se você deverá ser chamado para uma entrevista pessoal. Ao colocar uma frase, seja ela filosófica ou religiosa, você estaria tornando o seu currículo diferente. Mas nesse caso, diferente não necessariamente significa melhor.

Digamos que você esteja se candidatando a uma vaga na área financeira. Você relacionou os cursos que concluiu, os empregos que teve, as funções que desempenhou e aí, para concluir, você escreve: "A coragem é a primeira qualidade humana, pois garante todas as outras. - Aristóteles"

Ao ler isso, o entrevistador poderá pensar que você é um candidato acima da média, porque incorporou uma secular pérola da sabedoria grega em seu currículo. Ou ele poderá pensar: "O que isso tem a ver com a rotina da área financeira?" E aí, descartar o seu currículo. Esse é o risco, porque você não conhece a pessoa que irá avaliar o seu currículo. Não sabe o que ela pensa, o que ela estudou e que tipo de conversa ela aprecia ou detesta.

E mesmo que você dê a sorte que a primeira pessoa que for ler o seu currículo gostar da frase, muito raramente um processo de seleção será resolvido por uma única pessoa. E pode ser que a segunda ache que frases soltas em currículos é tão fora da realidade quanto chinelo em baile de gala.

É por isso que se recomenda que as informações contidas no currículo sejam apenas aquelas adequadas à empresa que está recrutando e ao cargo pretendido.

Depois, numa entrevista, será possível mencionar, de passagem, fatos e frases sobre religião, política ou lazer, que possam criar empatia com o entrevistador. Mas tentar antecipar no currículo, a formação e as preferências da pessoa que irá lê-lo, seria, como bem diria Aristóteles, muita coragem. Só que na hora de batalhar por um emprego, ter coragem é sem dúvida, uma grande qualidade. Mas ter bom senso costuma dar mais resultado.

Max Gehringer, para CBN.

2 comentários:

  1. Albuq said...

    Eu acho mais seguro não colocar frases, porque isso é mto relativo.

  2. Ana P. said...

    Já acho esse negócio de ficar citando filósofo uma coisa tão paunocu... em currículo é tipo doispaunocu, caso seja possível.

Blog Widget by LinkWithin