2010-10-08

Ensino superior: profissões do futuro - ou Dicas para escolher um curso superior - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 08/10/2010, com dicas para os jovens escolherem o curso superior.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Ensino superior: profissões do futuro

profissoes do futuro
O fim do ano está chegando e uma considerável quantidade de jovens tem escrito para fazer perguntas sobre cursos superiores. E principalmente sobre aqueles cursos que são normalmente listados como profissões do futuro. Então, aqui vão algumas dicas que poderão ser úteis na hora de fazer a opção.

Primeira: não escolher um curso só porque o nome dele é atraente ou diferente. Se o jovem não conhece nenhuma pessoa que se formou naquele curso e está atuando na área, isso é um sinal de preocupação. É exatamente nesses cursos que ocorrem maiores desistências nos dois primeiros anos.

Segunda: não escolher um curso porque tem algum amigo que está fazendo o curso e está gostando muito. Por mais que o curso possa preencher o gosto pessoal imediato de alguém, o objetivo dele é gerar uma oportunidade de emprego para toda a vida, e não quatro anos de satisfação escolar.

Terceira: não descartar as possibilidades mais conservadoras. Não é porque um curso existe há muitas décadas que ele se tornou antigo ou obsoleto. Bons cursos nunca envelhecem, porque o mercado se renova. E esse é o caso de Engenharia Civil, Engenharia de Produção, Administração e Tecnologia da Informação. Em relação ao número de formandos, esses são os cursos que proporcionam mais vagas no mercado de trabalho.

Quarta dica: não existem cursos que não irão gerar empregos. Mas há alguns que irão necessitar de algo além do diploma, porque já existe uma razoável saturação de profissionais de mercado. É o caso, para citar alguns, de Direito, Psicologia, Comunicação Social e Odontologia. Quem opta por um deles precisa ter, ou estabelecer, contatos com profissionais da área enquanto ainda está estudando. Esperar para procurar um emprego somente depois de formado, pode vir a causar frustrações.

Finalmente, quem pesquisar mais, conversar mais, perguntar mais, terá menos chances de se arrepender da escolha que vier a fazer.

Muitos jovens entram em choque com os pais na hora de escolher o curso. E nessa hora, os dois lados precisam ter argumentos práticos para poder conversar. Para que a discussão não se transforme numa disputa para ver quem é o mais teimoso.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin