2013-09-04

'Apenas dois gestores serão agraciados secretamente com bônus por desempenho' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 04/09/2013, com o caso de um ouvinte cujo chefe vai dar bônus por desempenho para apenas dois subordinados, secretamente.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Apenas dois gestores serão agraciados secretamente com bônus por desempenho'

charge participação lucros resultados

A consulta de hoje vem de um ouvinte do Chile e mostra que os problemas são semelhantes em qualquer país. Ele escreve: "Minha empresa nos comunicou que este ano não haverá bônus por desempenho. Mas ficamos sabendo que essa decisão não vale para todos nós, porque dois gestores da minha área serão secretamente agraciados com o prêmio. Como sou um dos que ficarão sem ganhar e me sinto insatisfeito com essa situação, não sei se a melhor opção seria falar com meu gerente ou me dirigir diretamente ao setor de recursos humanos, uma vez que não sei se a decisão que meu gerente tomou foi também tomada por outros gerentes."

Muy bien. Entendo que você e seus colegas não gostaram da decisão da empresa de não pagar bônus neste ano. Mas a aceitaram, porque deve ter havido um motivo para que ela tenha sido tomada. O que você considera injusto é que uns poucos privilegiados tenham sido contemplados, sem que tenha havido qualquer explicação aos que não foram.

Portanto, caso você decida ir reclamar com recursos humanos e a sua queixa seja acatada, o máximo que poderá acontecer é o cancelamento de todos os bônus. Ou seja, você continuará sem receber nada e arrumará vários inimigos dentre os que iriam receber alguma coisa. Não é uma boa ideia.

Mas ir falar com o seu gerente e manifestar a sua insatisfação é um direito seu. Talvez ele lhe explique algo que você talvez não saiba. Ou talvez ele lhe diga que o problema é dele e não seu.

De qualquer forma, na vida profissional há momentos em que é melhor guardar munição para usá-la na hora certa, do que desperdiçá-la por uma razão até compreensível, porém, infrutífera.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin