2016-07-07

'Já comecei a parecer um veterano aos 34 anos' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 07/07/2016, com um ouvinte que entrou em uma empresa com jovens agressivos em início de carreira.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'Já comecei a parecer um veterano aos 34 anos'

jovens líderes

Um ouvinte escreve: "Pensei que era novo e descobri que não sou. Tenho 34 anos e ingressei em uma empresa, imaginando que nela eu teria boas oportunidades de crescimento, já que ela própria vem crescendo ano após ano. O problema é que o corpo gerencial dela é constituído por jovens, todos com menos de 30 anos, todos extremamente agressivos no bom sentido, e todos de olho nos mesmos cargos que eu pretendia atingir. Como posso competir com eles, já que não sou acostumado a trabalhar nesse ritmo acelerado e, o que mais me preocupa, já comecei a parecer um veterano aos 34 anos?"

Você tem duas opções: ficar ou sair. E nesse caso, indo para outra empresa cujo corpo gerencial tenha mais de 40 anos.

Se você decidir ficar, o mais provável é que a sua percepção esteja correta. Se o padrão da empresa é o de oferecer oportunidades a jovens agressivos em início de carreira, os futuros promovidos serão os jovens mais dinâmicos que trouxerem melhores resultados em curtíssimo prazo.

Mas você pode também crescer no embalo deles. Com a sua experiência, identifique aqueles que mostrem mais potencial e ofereça a eles a sua ajuda para o que eles necessitarem.

Todo jovem recém-promovido aprecia ter na equipe um subordinado mais maduro que contribua com opiniões e ideias sensatas, sem demonstrar auto-espírito de competição direta e nem parecer uma ameaça. Dessa forma, você subiria com eles e não contra eles.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin