2016-07-29

'Minha empresa prometeu uma promoção na entrevista e não cumpriu' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 29/07/2016, com um ouvinte que aceitou mudar de empresa por causa de uma promessa de que sua nova posição seria revista, mas nada aconteceu depois de um ano.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'Minha empresa prometeu uma promoção na entrevista e não cumpriu'

entrevista de emprego

Um ouvinte escreve: "Quando fui contratado, aceitei uma função de menor responsabilidade do que aquela que eu tinha em meu emprego anterior e, consequentemente, um salário mais baixo. Concordei em dar esse passo para trás porque a empresa atual é bem maior que a anterior e na entrevista me foi prometida uma revisão da minha situação dentro de seis meses.

Quando esse prazo venceu, falei com o meu superior e ele me disse que não era o momento de discutir isso, devido à crise. Agora, quase um ano depois de ser admitido, continuo na mesma, fazendo menos do que poderia e ganhando menos do que deveria. Há alguma maneira de eu forçar a empresa a cumprir a promessa que me foi feita?"


Bom, em entrevistas, para atrair bons candidatos, não é incomum uma empresa acenar com possibilidades de promoção, reajuste, pagamento de cursos ou transferência de setor. A empresa não está mentindo, porque, de fato, alguns dos contratados conseguem tudo isso. Mas não todos e essa é a parte omitida na conversa inicial.

Se você tivesse solicitado uma carta comprovando que a promessa feita só dependeria do tempo, você poderia usá-la em um processo. Sem ela, a empresa pode alegar que disse somente o que você afirmou: que a sua situação seria revista. Fica então a dica de que acordos feitos na contratação devem ser sempre colocados por escrito, para que se tornem obrigação legal.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin