2012-10-03

'Há dois anos deixei emprego para estudar, mas não passei num concurso' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 03/10/2012, sobre o que dizer ao tentar voltar ao mercado de trabalho depois de passar dois anos fora dele, apenas estudando para concursos públicos.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Há dois anos deixei emprego para estudar, mas não passei num concurso'

concursos públicos estudando

Um ouvinte escreve: "Há dois anos deixei meu emprego para me dedicar a estudar em tempo integral para concursos públicos. Infelizmente não consegui passar em nenhum. Eu gostaria de continuar tentando, mas meus recursos acabaram e preciso voltar ao mercado de trabalho. Que explicação eu poderia dar em uma entrevista para o fato de ter ficado dois anos fora do mercado?"

Vamos lá. A não ser que você seja um excepcional inventor de histórias, eu não creio que exista uma explicação melhor do que a verdade. "Fiquei dois anos estudando para concursos públicos". Essa não é uma situação tão anormal quanto você imagina. Muita gente já fez ou está fazendo o que você fez.

O que poderia eventualmente eliminá-lo de um processo seletivo não é essa ausência de dois anos. E sim, a frase seguinte que você escreveu: "Gostaria de continuar tentando". É exatamente isso que um entrevistador vai querer saber. Se você for contratado, irá pedir novamente a conta quando acumular novos recursos que lhe permitam voltar a estudar para concursos públicos? Você terá que ser convincente ao responder que desistiu dos concursos e agora vai investir os seus esforços na construção de uma carreira em uma empresa privada.

Outra questão que preocupa muito os ouvintes em situação semelhante à sua é: como uma empresa avalia a capacidade de alguém que passou dois anos prestando em concursos e não passou em nenhum? Essa já seria uma razão suficiente para eliminar um candidato a emprego? Não. Primeiro, porque concurso público é como vestibular de universidade federal: muitos tentam e poucos passam. E segundo, porque concurso público é apenas um teste de conhecimentos. Uma empresa exige muito mais que isso ao contratar um funcionário.

Portanto, vá tranquilo, diga a verdade, mostre o que você tem a oferecer e boa sorte.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin