2012-11-23

'É melhor investir nos pontos fortes ou corrigir as deficiências?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 23/11/2012, sobre se é melhor investir nos pontos fortes ou corrigir os pontos fracos.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'É melhor investir nos pontos fortes ou corrigir as deficiências?'

pontos fortes e pontos fracos

Um ouvinte pergunta se é melhor investir nos pontos fortes que ele já tem, ou tentar corrigir os pontos fracos? Boa pergunta.

Creio que a maioria das pessoas acredite que o correto seria reduzir a quantidade e a intensidade dos pontos fracos. Eu tenho uma opinião diferente. E ela é baseada não em teorias, mas em observações práticas. Em todas as empresas pelas quais passei, as pessoas eram promovidas porque demonstravam ser excelentes em um par de pontos, mesmo sendo, muitas vezes, deficientes em outros quesitos.

A minha resposta para o ouvinte seria: a não ser que você tenha algum ponto fraco muito evidente, como uma gagueira acentuada, por exemplo, invista cada vez mais naquilo que você é bom.

Mas eu gostaria de acrescentar uma dica: tenha a certeza de que seus colegas e seus superiores concordam com os pontos fortes que você acredita ter. Eu descobri isso certa vez num exercício que fizemos com os funcionários de uma empresa. Primeiro, pedimos que cada um descrevesse, em uma só palavra, o seu ponto mais destacado. As palavras que mais apareceram foram: liderança, criatividade, eficiência, pontualidade e outras na mesma linha. Em seguida, pedimos que todos eles descrevessem, também com uma só palavra, o ponto mais forte de cada um dos seus colegas. Para surpresa geral, não chegou nem a 10% o número de casos em que uma pessoa se via da mesma maneira que era vista pelos colegas.

Então, sugiro que o nosso ouvinte invista naquilo que ele tem de melhor. Mas somente depois de ter a certeza de não estar enxergando em si mesmo algo que ninguém mais percebeu.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin