2012-11-06

'Satisfação não significa que empregados vão ignorar oportunidades' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 06/11/2012, sobre pesquisas de satisfação de funcionários e clima organizacional.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Satisfação não significa que empregados vão ignorar oportunidades'

pesquisa clima organizacional satisfação empregado

Uma ouvinte escreve: "Sou gerente de recursos humanos de uma empresa com 140 empregados. Anualmente fazemos uma pesquisa de clima interno. Cada empregado recebe um questionário e responde sem precisar se identificar e sem especificar o setor em que trabalha. Pois bem, os índices das duas últimas pesquisas foram excelentes. Mostraram um índice de satisfação acima de 90%.

Só que a rotatividade é alta. Nos últimos 12 meses, um em cada três empregados pediu a conta. A diretoria já me alertou sobre a inutilidade da pesquisa, que eu considero válida e necessária. Mas não consegui ainda encontrar uma explicação convincente para o fato de empregados satisfeitos irem embora para fazerem o mesmo trabalho em outra empresa e ganharem mais ou menos o que ganham aqui. Qual seria a sua explicação?"


Vamos lá. Muito provavelmente, a pesquisa é feita pelo processo de múltipla escolha. Para cada pergunta, há quatro opções, variando de "Excelente" a "Ruim", e o empregado bota um "X" na opção escolhida. A minha experiência com pesquisas desse tipo me ensinou que, muito raramente, elas dão um resultado abaixo de 80% de satisfação.

Mas a melhor pesquisa que eu vi até hoje ia por outro caminho. Uma das perguntas era esta: "Dos três motivos abaixo, qual seria o primeiro que levaria você a deixar a empresa? (A) Salário (B) Tratamento (C) Benefícios". No ano anterior, em uma pesquisa semelhante a de nossa ouvinte, 80% haviam respondido que os salários eram "satisfatórios". Porém, na pesquisa específica, 70% responderam que mudariam por um salário melhor.

Conclusão: estar satisfeito não significa ignorar oportunidades que eventualmente apareçam. A fidelidade e a lealdade do empregado iam somente até certo ponto, que a primeira pesquisa não conseguiu captar.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin