2014-03-12

'Qual o curso superior que vai me garantir um bom salário em curto prazo?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 12/03/2014, com um ouvinte que trabalha em uma empresa cujo ambiente de trabalho é muito ruim.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Qual o curso superior que vai me garantir um bom salário em curto prazo?'

piso engenheiros

Um ouvinte escreve: "Quero começar um curso superior que me proporcione um bom salário em curto prazo. Qual você me sugere?"

Sem dúvida, Engenharia. Isso porque a categoria tem um piso salarial determinado por lei, ao contrário da quase totalidade das formações superiores.

Um engenheiro recém-formado receberá o equivalente a seis salários mínimos mensais, por uma jornada de seis horas diárias. E mais um salário mínimo e meio por hora adicional. Como todo mundo trabalha oito horas por dia, o engenheiro já começa ganhando nove salários mínimos por mês, muito mais do que qualquer outra categoria de recém-formados consegue em seu primeiro emprego.

É bom lembrar que isso só acontece se o formando for admitido e registrado pela empresa como engenheiro. Se, por exemplo, ele aceitar uma vaga na área administrativa ou comercial e a função não for correlata à engenharia, aí a lei não se aplica.

Lembro também ao nosso ouvinte que, embora a formação em Engenharia garanta o bom salário em curto prazo, ela não garante um emprego imediato. Por isso, ele não deve esperar pela conclusão do curso para começar a procurar. Os estágios ajudam bastante.

E mais importante ainda seria conseguir um emprego já, no primeiro ano do curso, em qualquer setor e em qualquer função em uma empresa que tenha uma boa área de engenharia. Isso porque será mais fácil depois conseguir uma transferência interna do que seria participar de um processo seletivo com outros recém-formados igualmente inexperientes.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin