2014-03-19

'Sofro muito com problemas que nunca vou conseguir resolver' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 19/03/2014, com um ouvinte indignado e que sofre com os problemas do Brasil.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Sofro muito com problemas que nunca vou conseguir resolver'


Um ouvinte escreve: "Sou um operário. Não tenho e nunca tive ambição de me tornar chefe, apenas procuro fazer o meu trabalho bem feito. Mas não sou surdo, nem cego, e sofro com os resultados ruins da economia, com as constantes denúncias de corrupção, com a impunidade dos culpados, com a falência do nosso sistema político e com a falta de horizonte para os jovens que estudam e não conseguem emprego. Escrevo-lhe porque você não fica sugerindo receitas mirabolantes para esses males e apreciaria se você pudesse me dizer alguma coisa que me fizesse parar de sofrer tanto com problemas que um simples operário como eu, nunca poderá resolver."

Bom, eu lhe diria, para começar, que a sua preocupação não é em vão. O Brasil tem uma histórica cultura de deixar como está para ver como é que fica. E outra, ainda pior, de achar que a culpa é sempre dos outros e que nada pode ser feito a respeito.

Grandes manifestações populares acontecem no Brasil somente há cada vinte ou trinta anos, mas depois a poeira assenta e tudo volta a ser como era. O povo foi às ruas em 2013. Antes, tinha ido no começo da década de 80. E antes ainda, no começo da década de 60. Três grandes manifestações em 50 anos. Cada uma delas gerou reações nos mandatários da vez, mas não tiveram continuidade.

O que posso lhe dizer é que, se não tivermos cada vez mais gente sofrendo com os desmandos e a inércia, como você sofre, e sem receio de vir a público para expressar opiniões e exigir providências, aí sim é que não iremos para lugar nenhum.

Finalmente, mas não menos importante: fazer o trabalho bem feito, como você faz, é o que lhe dá o direito de falar e ser ouvido.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin