2012-01-25

'Quanto tempo é prudente esperar para pedir um aumento?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 25/01/2012, sobre quanto tempo esperar para pedir um aumento depois de ter entrado em um trabalho.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Quanto tempo é prudente esperar para pedir um aumento?'

tempo para pedir um aumento de salário

Um ouvinte pergunta: "Quanto tempo é prudente esperar para pedir um aumento?" E ele diz: "Estou nessa empresa há cinco meses e quando fui contratado aceitei um salário abaixo de minhas expectativas, porque minha situação naquele momento não me permitia continuar desempregado. Acredito que meu chefe também tenha consciência de que ganho pouco. Entrei como analista júnior, e a faixa seguinte, de analista pleno, teria um valor 15% superior. Devo arriscar uma conversa com meu chefe?"

Vamos lá. Nosso ouvinte fez uma boa análise da situação, do ponto de vista dele. Porém, antes de tomar qualquer decisão, ele precisaria também analisar a situação do ponto de vista da empresa, que vai envolver três variáveis: tempo, resultados e opções.

Começando pelo tempo, a grande maioria das empresas tem como procedimento aguardar um determinado período antes de conceder um reajuste ou uma promoção. Normalmente, um ano. Então, o nosso ouvinte pode começar verificando qual é a prática na empresa dele. Se for mesmo um ano, essa é a resposta que ele ouviria do chefe.

A segunda variável diz respeito aos resultados. Pode ser que nosso ouvinte tenha desempenhado tão bem as suas tarefas que a empresa ficaria até feliz em conceder um aumento antes do tempo. Mas, para convencer o chefe, nosso ouvinte precisará de dados e fatos concretos.

E a terceira variável são as opções. A empresa poderia contratar um analista júnior que tivesse as mesmas qualificações e o mesmo desempenho do nosso ouvinte, mas que não iria reclamar do salário em curto prazo?

Juntando essas três variáveis, nosso ouvinte poderá decidir se já está na hora de ir falar com o chefe. Posso garantir que, das três, a mais relevante é a segunda: resultados. Eles sempre falam mais alto do que qualquer boa história.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin