2014-01-08

Evite indicar algo negativo sobre empresas em que trabalhou - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 08/01/2014, sobre como deve-se evitar falar algo negativo sobre as empresas em que se trabalhou numa entrevista de emprego.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Evite indicar algo negativo sobre empresas em que trabalhou


Um ouvinte escreve: "Participei de um processo seletivo e o entrevistador só me fez quatro perguntas, sendo que a última foi: 'O que você menos gostava em seu emprego anterior?' Respondi que era a falta de desafios, porque meu trabalho era muito burocrático. Pensei que essa fosse uma resposta adequada, mas pelo visto não foi, porque não consegui a vaga. O que eu deveria ter respondido?"

Vamos lá. Qualquer pergunta sobre uma empresa anterior tem como objetivo saber como você reagiria a uma situação que talvez exista também na empresa que está lhe entrevistando. Se a função para a qual você foi entrevistado também incluía trabalhos burocráticos, você simplesmente respondeu que não era a pessoa certa para aquela vaga.

A melhor resposta para essa questão, e para outras semelhantes, é não cair na armadilha de indicar algo negativo.

Certa vez eu contratei o primeiro candidato que entrevistei para uma função de gerente júnior, e fazendo uma única pergunta. Ele não era o mais experiente, nem o mais qualificado dentre os candidatos. Mas deu a resposta certa. Quando perguntei o que ele não gostava em um emprego, a resposta foi: "Muita coisa. Mas, quando não gosto, eu sempre assumo que o problema sou eu e tento me adequar à situação."

Isso é o que qualquer empresa espera de qualquer contratado para qualquer função: que a pessoa entenda que não irá viver em um ambiente que poderá controlar a seu gosto. E principalmente, que não se apresente como vítima.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin