2015-12-23

'Cansei da iniciativa privada e comecei a estudar para concursos' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 23/12/2015, com uma dica para quem quer se dedicar a estudar para concursos públicos, sem prejudicar a carreira.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Cansei da iniciativa privada e comecei a estudar para concursos'

concursos públicos

Um ouvinte escreve: "Tenho 25 anos e cansei da iniciativa privada. É muita pressão, muito susto e muita falta de consideração. Pedi a conta e comecei a estudar para concursos públicos, mas fiquei preocupado ao saber que muitos deles foram suspensos. Agora estou em dúvida se tomei a decisão correta."

Bom, pensando em médio prazo, a quantidade de vagas geradas por concursos públicos voltará ao normal. Eu acredito que o seu problema será outro: o da concorrência. É grande a quantidade de jovens que nos últimos anos tomaram a mesma decisão que você, sem mencionar os que continuam trabalhando, mas, ao mesmo tempo, estudam para concursos.

Isso faz com que a aprovação em um concurso que ofereça um bom salário seja equivalente a ser aprovado nos vestibulares mais concorridos. Existem centenas ou milhares de candidatos por vaga, o que significa que você precisa ser realmente bom para ficar com uma vaga.

Já recebi mensagens de jovens que passaram três anos estudando para concursos públicos, prestaram dezenas deles e não conseguiram passar. Nesse caso, retornar a uma empresa se torna bem mais difícil, devido ao longo tempo de afastamento do mercado.

O que posso lhe sugerir é: consiga um emprego de meio período para manter o registro em carteira e use o restante do tempo para estudar. Espero que você consiga o seu objetivo no serviço público, mas se não conseguir, pelo menos a sua carreira privada não sofreria com a descontinuidade.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin