2018-08-10

'Meu gerente foi demitido e empresa preferiu contratar profissional de fora' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 10/08/2018, com um ouvinte que não vê perspectivas em continuar na empresa atual.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'Meu gerente foi demitido e empresa preferiu contratar profissional de fora'

contratação

Um ouvinte escreve: "Estou nesta empresa faz três anos. Meu gerente foi demitido e eu esperava ser considerado para ocupar a vaga dele, mas a empresa decidiu trazer um profissional de fora.

Em conversas com pessoas confiáveis, que estão aqui há mais tempo, entendi que esse tem sido sempre o procedimento da empresa, ou seja, contratar profissionais experientes do mercado, em vez de dar oportunidade a quem é da casa.

Ao mesmo tempo, recebi uma sondagem de uma empresa concorrente, menor em estrutura e em faturamento, mas para um cargo de gerência. Pergunto se vale a pena mudar para um lugar menor, com um cargo maior?"


Sim, vale. Principalmente quando a opção é continuar sem perspectivas de promoção no emprego atual, como parece ser o seu caso.

Além disso, há ainda uma vantagem adicional: mudando para uma empresa menor, você terá possibilidade de aprender muito mais sobre outras áreas, porque o contato com os gerentes delas será mais próximo e mais cooperativo, como costuma ocorrer em todas as empresas de porte médio.

Após dois ou três anos, se for do seu interesse, você estará apto a tentar uma mudança para um cargo gerencial em uma empresa de maior porte, talvez até mesmo essa em que você está agora, já que ela só contrata profissionais experientes do mercado e você será um deles.

Por isso, e para ser lembrado, não deixe de manter contato com seus atuais chefes e colegas.

Max Gehringer, para CBN.


Nenhum comentário:

Blog Widget by LinkWithin