2015-03-09

Aprenda a ser Chefe: Chefe deve sempre estar seguro das indicações que faz - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 09/03/2015, com a série "Aprenda a ser Chefe", sobre como proceder quando um amigo pedir uma indicação de emprego.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Aprenda a ser Chefe: Chefe deve sempre estar seguro das indicações que faz

indicação de emprego

É muito importante ter um círculo de relacionamentos profissionais. Na hora apropriada, essas pessoas poderão fazer uma indicação ou dar uma boa referência, e a isso se dá o nome de networking. E quem ocupa um cargo de chefia é sempre procurado por quem está precisando.

Sendo chefe, você certamente costuma receber pedidos para fazer uma indicação de um amigo ou de um parente para uma vaga na empresa, normalmente alguém que esteja desempregado. Dizer "não posso" seria uma má decisão. Porque hoje alguém está precisando de você e amanhã você é que poderá precisar de alguém.

Se você pode fazer uma indicação, deve fazê-la. Tomando, naturalmente, o devido cuidado para não se queimar. Empresas não contratam funcionários porque eles têm bons amigos, mas porque eles serão bons profissionais.

E quando a empresa confia no julgamento de um chefe que fez uma indicação, parte da responsabilidade é transferida para ele. Por isso, você precisa estar seguro quanto às indicações que fará.

Todos nós temos amigos que queremos ajudar. Mas, no fundo, nós sabemos que alguns deles não são modelos bem acabados de eficiência. Em alguns casos, temos a certeza de que eles não estão nem aí com o trabalho, porque eles mesmos já confessaram isso em rodas de amigos.

E aí vem aquela história do bicho. Se você não indicar o amigo, poderá perder a amizade dele. E se indicar, poderá perder a confiança da empresa. A única maneira de resolver a situação é dividindo a responsabilidade por três.

Indique o amigo para uma entrevista, mas avise a quem for entrevistá-lo para ser bem meticuloso na avaliação. Quanto ao amigo, diga que você fez a sua parte ao indicá-lo, mas que a empresa tem um processo de seleção bastante rigoroso e por isso ele precisa se preparar muito bem para a entrevista.

Resumindo, como regra geral, não misture as coisas. Não indique um amigo porque não há alternativa melhor para você. Indique porque será a melhor alternativa para a empresa.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin