2015-03-13

Aprenda a ser Chefe: Ser um bom chefe é também uma questão de aprendizado constante e contínuo - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 13/03/2015, com a série "Aprenda a ser Chefe", com cinco descuidos que um chefe deve evitar.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Aprenda a ser Chefe: Ser um bom chefe é também uma questão de aprendizado constante e contínuo

bom chefe

Se você é chefe de uma equipe que precisa conseguir resultados de curtíssimo prazo, a conversa com ela precisa ser direta e franca. São cinco descuidos que você deve evitar:

O primeiro: não deixar bem claro o que você espera da sua equipe. Como você irá avaliar o desempenho de cada um? Certamente, o seu setor tem objetivos numéricos e esses objetivos devem ser repassados aos subordinados, de preferência por escrito, para que não surjam dúvidas na hora de fazer a avaliação.

Segundo: usar dois pesos e duas medidas. Se você tratou um subordinado de uma maneira, não o trate de modo diferente na segunda vez. Ele vai ficar confuso se você agir assim e não saberá o que esperar nas vezes seguintes. E se você tomar uma decisão com relação a um subordinado, como, por exemplo, abonar um atraso ou permitir uma falta, a mesma decisão deve ser aplicada a todos. Caso contrário, você será visto como protecionista.

Terceiro: ser negativo. Empresas não costumam dar aos chefes todas as condições materiais para a execução de um trabalho. Se algo está faltando, peça a seu superior. Mas não reclame da empresa na presença de um subordinado. Isso só gera baixo astral. Não é fácil criar um ambiente de motivação, mas é muito fácil criar um de falta de motivação.

Quarto: chamar a atenção de um subordinado na frente de outro. Ser criticado em público destrói a auto-estima ou cria antagonismo, duas coisas que você não deseja na sua equipe.

Quinto: não incentivar ideias novas e nem permitir que os subordinados possam emitir opiniões. Isso cria um ambiente opressivo, que com o tempo, irá se tornar depressivo.

E finalmente, nunca deixe de se auto-avaliar. Se você concluir que precisa mudar alguma coisa em seu comportamento, mude. Sem receio. Ser um bom chefe é também uma questão de aprendizado constante e contínuo.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin