2015-03-23

Sucesso incomoda tanto mesmo? - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 23/03/2015, com um ouvinte que é bem sucedido na carreira e está passando a impressão de ser pedante para seus amigos, ao falar sobre o seu sucesso.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Sucesso incomoda tanto mesmo?

inveja carreira

"Venho tendo uma carreira que considero bem sucedida", um ouvinte escreve. "Comparativamente, ganho mais do que qualquer pessoa que conheço com minha idade e minha formação. Aí vem o problema. Eu abro o meu salário em conversas com amigos. Sinto orgulho em mostrar que tive oportunidades e que soube aproveitá-las. Mas percebo que meus amigos não apreciam a minha sinceridade. De minha parte, eu me sentiria contente em saber que um amigo meu está tendo sucesso, mas estou ficando com a impressão de que essa não é a regra geral. Pelo contrário, nas conversas com amigos, parece que todos eles preferem contar e ouvir histórias de gente que se deu mal na vida e no trabalho. É isso mesmo? Sucesso incomoda tanto?"

Culturalmente no Brasil, sim. Basta você ver a quantidade de programas e de notícias sobre desgraças em relação aos que relatam histórias de sucesso. A proporção deve estar ali por volta de 10 para 1.

O que você mencionou é comum em outras culturas, principalmente acima da linha do Equador, em que a divulgação de um salário é vista como incentivo para que outras pessoas se esforcem para conseguir a mesma coisa. No Brasil, isso nunca pegou bem.

O que posso lhe sugerir é usar exemplos de coisas que você fez e que deram certo, mas sem mencionar valores. E principalmente ajudar seus amigos, indicando-os para empregos melhores, talvez na empresa em que você trabalha e que deve pagar bons salários. Isso seria ser amigo, sem parecer pedante. Não estou dizendo que você seja, mas como você já percebeu, essa é a impressão que você está passando.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin