2015-03-16

Aprenda a ser Chefe: 'Nunca ignorei o que um superior tinha a me dizer' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 16/03/2015, com a série "Aprenda a ser Chefe", sobre como não se deve ignorar o que o seu superior tem a lhe dizer.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Aprenda a ser Chefe: 'Nunca ignorei o que um superior tinha a me dizer'

superior hierárquico conversando

Você já é chefe, há pouco mais de um ano. É educado, amistoso, chama a atenção de um subordinado somente quando é necessário e sabe treinar e educar. Com esse estilo, você sempre conseguiu alcançar os resultados esperados pela empresa. Parecia que a sua carreira como chefe estava seguindo um caminho sem preocupações, até que um novo gerente foi transferido de um outro setor da empresa para o seu setor, e doravante ele será o seu superior imediato.

Esse gerente é bem diferente de você. Cobra mais, pressiona mais, raramente dá um sorriso e cismou que você também precisaria começar a adotar uma nova postura, de ser mais áspero e mais enérgico em algumas situações, porque é isso, segundo diz o gerente, que se espera de um chefe. Você ficou pasmo com essa orientação e está em dúvida se deve mesmo mudar a sua maneira de chefiar.

Sim, deve. Porque o gerente é o seu superior. Não que você deva mudar radicalmente e chegar de manhã ao trabalho ameaçando enforcar os seus subordinados se algum deles se atrever a tossir. Nada disso. Mas o fato de que você está atingindo os resultados determinados através do seu método, de chefe compreensivo e camarada, não significa que você está atingindo o máximo que poderia atingir. E o seu gerente está lhe dizendo que com uma postura um pouco diferente em algumas situações, você poderia chegar a resultados ainda melhores.

Em meus tempos de executivo, eu tinha um estilo parecido com o seu, mais camarada do que pressionador. Porém nunca ignorei o que um superior tinha a me dizer e só me beneficiei em seguir as orientações que recebi. Seu gerente não está esperando que você se transforme, de repente, em um gladiador sem escrúpulos, que saia empurrando mesas e chutando cadeiras. Uma mudança no seu tom de voz já fará com que ele fique satisfeito por você tê-lo ouvido, sem que você precise deixar de ser o que é.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin