2014-12-12

Candidatos podem fazer anotações durante a entrevista? - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 12/12/2014, sobre como em uma entrevista de emprego, o candidato deve sempre esclarecer antes se for fazer algo que não seja usual ou que quebre o ritmo da entrevista.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Candidatos podem fazer anotações durante a entrevista?

anotações entrevista de emprego

Boa pergunta de uma ouvinte, que escreve: "É indelicado um candidato a emprego fazer anotações durante a entrevista?"

A resposta mais ampla é a seguinte: nada é indelicado se for previamente solicitado e autorizado. Isso vale tanto para as anotações, quanto para qualquer outra coisa que um candidato resolva fazer durante a entrevista e que não seja apenas ouvir e falar.

No caso das anotações, o candidato deve ter um motivo para registrar o que está sendo conversado. Como cada entrevistador tem as suas peculiaridades, alguns podem não ligar, outros podem ser meio desconfiados e imaginar que o candidato possa ter alguma intenção que extrapole a entrevista. Outros podem achar que a conversa perde o foco se o candidato ficar escrevendo e outros podem simplesmente ser curiosos e indagar o porquê das anotações.

Tudo isso é evitado se, antecipadamente, o candidato oferecer uma explicação razoável para o que vai anotar e perguntar se há algum problema em fazê-lo.

Da mesma forma, há entrevistadores que anotam, mas a intenção deles é mais compreensível: registrar para não esquecer.

Uma vez eu entrevistei um candidato que chegou, sentou e se pôs a fazer um exercício de respiração para relaxamento. Isso não é ruim, mas também não é normal, e o candidato só me explicou o que estava fazendo, depois que eu perguntei, quando poderia ter se antecipado à minha estranheza.

Em resumo, qualquer ato que possa quebrar o ritmo da entrevista deve ser esclarecido antes, para não ser mal interpretado.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin