2014-12-02

Resultados em curto prazo à base de choque - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 02/12/2014, sobre como consultorias que precisam apresentar resultados em curto prazo dão um choque nos funcionários para ver quem poderá suportar a pressão.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Resultados em curto prazo à base de choque

pressão no trabalho

Escreve um ouvinte: "Trabalho em uma empresa que passa por um momento financeiro muito complicado. E por isso a direção contratou uma consultoria para tentar reverter a situação. No primeiro contato que tive com o consultor, ouvi uma torrente de críticas a meu trabalho e fiquei desnorteado. Não que tudo o que ele me disse não seja verdade, muita coisa é, em função do caos interno resultante da situação financeira. Mas o que me derrubou foi o modo como o consultor se posicionou, praticamente insinuando que eu era incapaz e incompetente, e não me dando nenhum espaço para que eu pudesse me defender. Pergunto se devo pedir a conta de imediato ou se há algum motivo para esperar?"

Vamos lá. Consultorias que precisam apresentar resultados em curtíssimo prazo normalmente iniciam sua investigação com um levantamento de dados. E depois, com os números em mãos, aplicam um choque nos funcionários, como o que você recebeu.

Entenda essa atitude não como algo pessoal, mas como uma maneira de a consultoria entender quem irá suportar a pressão e quem irá espanar, já que algumas medidas drásticas terão que ser tomadas no decorrer do processo.

Portanto, eu lhe sugiro que você não espane, ou seja, não peça a conta. Encare o discurso pejorativo do consultor mais como teatro do que como um sinal prévio de que você não fará parte dos planos futuros.

E tenha também em mente que boas oportunidades costumam surgir em situações ruins como essa. E irão premiar aqueles que se mostrarem mais solidários às mudanças que inevitavelmente serão feitas.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin